Carregando

Ebook SOP Baixe agora o e-book sobre Síndrome dos Ovários Policísticos e entenda tudo sobre essa doença! Clique Aqui!
Ficou com alguma dúvida? Agende sua consulta agora! Clique Aqui!

Videolaparoscopia Ginecológica



"Feito em ambiente hospitalar sob anestesia geral, a videolaparoscopia ginecológica é feita através de uma […]"

por Dr. Augusto Bussab

Feito em ambiente hospitalar sob anestesia geral, a videolaparoscopia ginecológica é feita através de uma microcâmera de vídeo introduzida no abdômen por meio de uma incisão mínima na região do umbigo, sendo possível ao médico visualizar o útero, trompas, ovários e órgãos próximos.

Com esse aparelho é possível mapear o sistema reprodutor feminino, com exatidão de detalhes. Permeabilidade tubária, aderências e endometriose são diagnosticados com este exame e podem ser tratados cirurgicamente no mesmo momento, sem a necessidade de incisões no abdômen.

Este equipamento permite a introdução de pinças especiais, para a realização de atos operatórios, corrigindo muitas das alterações, como liberar os tecidos aderidos, cauterizar e vaporizar focos endometrióticoscomo coagular sangramentos e até realizar cirurgias maiores, como retirada de miomas e cistos, se for necessário.

O diagnóstico e o tratamento cirúrgico por videolaparoscopia deve ser feito por profissionais com experiência em infertilidade e microcirurgia. Ao se detectar determinada alteração durante um exame, o cirurgião especializado em Reprodução Humana deverá ter experiência e capacidade para discernir as reais vantagens de um tratamento cirúrgico. Caso contrário, os traumas dessa cirurgia poderão piorar ainda mais a saúde reprodutiva dessa paciente.

Deixe o seu comentário
Próxima leitura
Hérnia nos testículos pode causar infertilidade?

Fertilidade é sempre uma questão que traz dúvidas a homens e mulheres. Uma delas é […]

Ler mais...