Especialista em Reprodução Humana: como é a primeira consulta?

especialista em reprodução humana

A Organização Mundial de Saúde (OMS)  estima que 15% dos casais no mundo são inférteis e precisam de alguma intervenção para conseguirem engravidar. Essa situação requer o acompanhamento de um médico especialista em reprodução humana, que é o fertileuta, médico que se dedica ao tratamento da infertilidade.

A solução para o caso pode ser mais simples ou requerer tecnologias avançadas: tudo irá depender das questões que impedem a gestação natural de acontecer, questões estas identificadas após a avaliação completa pelo profissional.

No post de hoje, mostraremos a você como se dá a primeira consulta com um profissional da área. Acompanhe e tire suas dúvidas!

Primeira consulta com um especialista em reprodução humana

Em primeiro lugar, o casal precisa saber quando é a hora de procurar um especialista em reprodução humana. Dessa forma, ninguém se frustra antes da hora e nem espera tempo demais para buscar ajuda especializada.

A OMS define como casal infértil aquele que tenta engravidar sem sucesso há 1 ano, sem nenhum método anticoncepcional e com atividade sexual regular. Em mulheres acima de 35 anos, a procura por um especialista deve ser antecipada, e deve acontecer aos 6 meses de tentativas sem sucesso, pois a partir dessa idade a chance de engravidar de forma natural diminui mais rapidamente.

Preenchimento de questionário

Em um primeiro momento, o médico irá realizar um questionário com o casal para conhecer detalhadamente aspectos que podem influenciar a fertilidade dos dois. As perguntas do questionário incluem questões sobre:

  • histórico de infertilidade na família;
  • casos de menopausa precoce na família;
  • históricos de tentativas anteriores de gravidez;
  • ciclo menstrual da mulher;
  • ovulação;
  • condições do útero.

Solicitação de exames

Após levantar o histórico do casal por meio do questionário, o médico solicitará uma série de exames para verificar a fertilidade tanto no homem como na mulher. A partir dos seus resultados, será possível identificar se algum dos dois (ou ambos) possui problemas que impedem a gravidez.

A seguir, listamos os principais exames solicitados para a avaliação da fertilidades em homens e mulheres:

Exames para a mulher

A avaliação da fertilidade da mulher deve incluir exames que busquem alterações relacionadas a fatores hormonais ou anatômicos. Os principais são:

  • dosagem hormonal: níveis de hormônios relacionados ao ciclo menstrual e à ovulação (FSH, LH, estradiol, prolactina, função tireoidiana, testosterona);
  • ultrassom transvaginal: avaliação das estruturas do sistema reprodutor e acompanhamento da ovulação;
  • histerossalpingografia: avaliação da cavidade uterina e das tubas uterinas;
  • hormônio anti-mulleriano: estima a reserva ovariana.

Exames para o homem

A fertilidade do homem é avaliada principalmente por meio do exame espermograma, feito em uma amostra de sêmen. Para maior segurança do resultado, recomenda-se que sejam feitos dois exames em dias separados.

O exame avalia algumas características do esperma, como:

  • volume total;
  • concentração (número de espermatozoides por mililitro);
  • motilidade (movimentação dos espermatozoides);
  • morfologia (formato do espermatozoide);
  • presença de leucócitos (células de defesa, relacionados com processo infeccioso).

Caso haja alguma alteração importante no espermograma, podem ser solicitados outros exames (dosagem hormonal, ultrassom).

Só após a realização do questionário e os resultados dos exames o médico terá embasamento para indicar o melhor tratamento para o casal. Lembre-se que a primeira consulta é o momento ideal para que todas as dúvidas e anseios do casal sejam sanados!

O especialista em reprodução humana é o profissional indicado para os casais que encontram dificuldades para engravidar. Se este é o seu caso, entre em contato conosco e agende sua primeira consulta: quanto mais rápido for o diagnóstico, mais eficiente será o tratamento e mais chances você terá de obter a gravides!

Formado pela Faculdade de Medicina de Marília (FAMEMA) e com Pós Graduação em Reprodução Humana, no Hospital Antoine Béclère, em Clamart, França, o Dr. Augusto Bussab dedica-se desde 2006 em sua clínica a ajudar mulheres no sonho de ser mãe.

Deixe seu Comentário

    Posts Relacionados

    Todos os Posts