Transferência de Embriões Congelados

Transferência de Embrião Congelado

A técnica de congelamento de embriões é indicadas para pacientes em situações de risco de Hiperestimulação Ovariana ou alterações endometriais como pólipos e miomas.

Com esse procedimento, os embriões excedentes de boa qualidade após uma FIV são preservados em criogenia, de forma que a paciente não precise passar pela etapa de estimulação ovariana para a liberação de óvulos, caso seja necessária uma nova tentativa.

Para a transferência é realizado o descongelamento do embrião no dia agendado, e no consultório a paciente é colocada em posição ginecológica, preferencialmente com a bexiga cheia para facilitar a passagem do cateter pelo colo do útero e o embrião implantado diretamente dentro da cavidade uterina

Após 11 dias do procedimento já se torna possível realizar o teste de gravidez beta-HCG para confirmação de gravidez.