Ebook SOP Baixe agora o e-book sobre Síndrome dos Ovários Policísticos e entenda tudo sobre essa doença! Clique Aqui!
Ficou com alguma dúvida? Agende sua consulta agora! Clique Aqui!

Quais são os principais exames de infertilidade feminina?



"A gravidez é um dos maiores desejos de muitas mulheres, que se sentem frustradas quando encontram […]"

por Dr. Augusto Bussab

Quais são os principais exames de infertilidade feminina?

A gravidez é um dos maiores desejos de muitas mulheres, que se sentem frustradas quando encontram dificuldades para engravidar. Após meses de tentativas sem sucesso, é comum que o casal procure um especialista em reprodução humana para investigar e descobrir a causa.

Nada pode ser afirmado até que sejam realizados os exames de infertilidade. No caso da mulher, pesquisam-se fatores hormonais, ovarianos ou anatômicos que podem estar impedindo a fertilização natural. O diagnóstico preciso é o primeiro passo para o tratamento e o alcance dos resultados esperados.

Acompanhe o post de hoje para saber mais sobre os principais exames de infertilidade feminina!

Dosagem hormonal

Primeiramente, deve-se avaliar a dosagem sanguínea dos hormônios relacionados ao ciclo menstrual e à ovulação, processos necessários para acontecer a gravidez. A regularidade do clico da mulher depende destes hormônios, e seu excesso ou falta interfere na fertilidade.

Os principais hormônios pesquisados são:

  • Estrogênio;
  • Progesterona;
  • Prolactina;
  • Hormônio Anti-Mulleriano;
  • Hormônio folículo-estimulante (FSH);
  • Hormônio luteinizante (LH).

O sangue deve ser coletado no início do ciclo menstrual, período no qual os limites de valores são mais bem definidos. Outros hormônios que têm o potencial de interferir na fertilidade podem ser pesquisados, como a testosterona e os hormônios da tireoide.

Ultrassonografia transvaginal

A ultrassonografia transvaginal é um dos principais exames de imagem na prática ginecológica, utilizado para avaliar a estrutura do útero e dos ovários, sua anatomia e seu funcionamento. O exame é feito por meio de uma sonda, envolvida em preservativo e com lubrificante, que é introduzida no canal vaginal e permite a visualização das estruturas reprodutoras.

O exame permite:

  • Avaliação do tamanho, do volume e da presença de folículos, cistos ou nódulos nos ovários;
  • Identificação de sinais da ovulação;
  • Detecção de alterações uterinas ou nos ovários.

Para uma avaliação mais específica de infertilidade, realiza-se a ultrassonografia transvaginal seriada. O exame é feito entre o 8º e 10º dia do ciclo menstrual e é repetido a cada 2 dias, para que seja acompanhado o crescimento dos folículos ovarianos e a ovulação.

Histerossalpingografia

histerossalpingografia é o exame utilizado para a avaliação da cavidade e das tubas uterinas. É feita uma aplicação de contraste, seguida de radiografia da área, para que as estruturas sejam visualizadas a partir do caminho percorrido pelo líquido.

As imagens geradas permitem a identificação de estenoses, obstruções tubárias, sinéquias (aderências), pólipos, malformações uterinas, septos e lesões mínimas das tubas. Atualmente, são utilizados cateteres mais finos para a aplicação do contraste e analgésicos antes dos procedimentos, para minimizar o incômodo das pacientes.

Videohisteroscopia diagnóstica

A videohisteroscopia é considerada o melhor exame diagnóstico para a visualização da cavidade uterina e do endométrio, pois permite a identificação direta de possíveis alterações (miomas, pólipos, malformações).

O exame é feito com o histeroscópio, aparelho com uma luz fria e uma microcâmera, que é introduzido no útero. Ele permite filmagem e fotografia do interior do órgão, sem que sejam feitos cortes ou invasões na paciente.

Costuma ser indicado para as mulheres que já possuem suspeita de alguma alteração ou que tiveram falhas de tratamento de reprodução assistida.

Os exames de infertilidade feminina permitem que o verdadeiro problema que impede a gravidez seja identificado ou descartado, e se possa buscar novas alternativas para o casal que deseja filhos.

Você gostou do post de hoje? Gostaria de saber mais sobre infertilidade? Então continue sua visita e confira o texto “Infertilidade: desvendamos 5 mitos para você!”.

Quais são os principais exames de infertilidade feminina?
Avalie essa postagem!


Deixe um comentário

  Se inscrever  
Notificação de
Próxima leitura
Qual o melhor embrião para transferência: D3 ou blastocisto?

A fertilização in vitro (FIV) é atualmente a principal técnica de reprodução assistida indicada para casais que encontram […]

Ler mais...