Ebook SOP Baixe agora o e-book sobre Síndrome dos Ovários Policísticos e entenda tudo sobre essa doença! Clique Aqui!
Ficou com alguma dúvida? Agende sua consulta agora! Clique Aqui!

O que é ovulação?



"Saiba o que é ovulação e a sua importância para o período fértil"

por Dr. Augusto Bussab

O que é ovulação?

A fertilidade feminina é um assunto complexo. Envolve uma série de fatores e processos fundamentais que devem estar em harmonia para que ocorra a gravidez e que ela se desenvolva de maneira saudável até o nascimento da criança.

A ovulação é um desses processos fundamentais para que a mulher possa engravidar. Ocorre uma vez a cada ciclo menstrual e é o momento mais propício à fecundação, também chamado de período fértil.

Neste texto, a ovulação será abordada de modo amplo e detalhado para esclarecer as principais dúvidas relacionadas ao assunto.

A importância dos ovários

Não é possível falar de fertilidade e ovulação sem mencionar os ovários, as glândulas sexuais femininas pertencentes ao sistema reprodutor da mulher.

Eles são responsáveis pela secreção de hormônios sexuais femininos e o armazenamento e liberação dos gametas, denominados óvulos.

Uma vez a cada ciclo menstrual, os ovários produzem e liberam um óvulo, que poderá ser fecundado pelo espermatozoide e dar origem a um embrião.

O organismo feminino controla os níveis dos hormônios de modo a provocar o crescimento de muitos folículos (estruturas que contêm os óvulos), mas o amadurecimento e rompimento de apenas um para a liberação do óvulo.

A ovulação

O processo de ovulação no organismo feminino ocorre em uma das fases do ciclo menstrual.

Trata-se da etapa que o óvulo é liberado pelos ovários e chega até as tubas uterinas para que para que possa ser fecundado e continue seu caminho até o útero.

Nesse processo, ocorre de maneira conjunta a liberação de dois hormônios femininos, o FSH e o LH.

O FSH – hormônio folículo-estimulante – e o LH – hormônio luteinizante – agem no folículo para que o óvulo se desenvolva completamente e seja liberado.

Assim que o óvulo é liberado, o folículo ovariano é transformado em uma estrutura que recebe o nome de corpo-lúteo.

Trata-se de uma estrutura hormonal temporária e característica do organismo feminino, que produz progesterona para preparar o organismo para um possível processo de fecundação.

Relação da ovulação com o período fértil

A ovulação ocorre durante o período fértil da mulher, exatamente no seu dia mais fértil. Essa data é exatamente o meio do ciclo menstrual em mulheres com o ciclo menstrual regular.

Se no processo de ovulação o óvulo for fecundado por um espermatozoide, ocorre então o que é chamado de fecundação, que marca o início da gravidez.

Etapas do ciclo menstrual

Para compreender o processo de ovulação e o período fértil, é importante também conhecer o ciclo menstrual e suas etapas:

  • Fase folicular;
  • Fase ovulatória;
  • Fase lútea.

Um ciclo menstrual regular possui duração média de 28 dias, tendo início no primeiro dia de menstruação e terminando quando a menstruação do mês seguinte se inicia.

Fase folicular

É a primeira fase do ciclo, que se inicia no primeiro dia da menstruação e dura entre 5 e 12 dias. Nessa fase, a produção de FSH aumenta para que os ovários amadureçam os óvulos.

Devido a esse amadurecimento, o ovário libera maiores quantidades de estrogênio, como forma de melhorar a estrutura do útero para uma possível gravidez.

Fase ovulatória

Nessa fase, os níveis de estrogênio continuam a aumentar e fazem com que o organismo produza LH, responsável por selecionar o folículo que estiver mais maduro e provocar seu rompimento, fazendo com que a ovulação de fato ocorra.

Esse processo ocorre por volta do 14º dia do ciclo menstrual quando ele é regular.

Após a liberação, o óvulo é capturado pela tuba uterina, onde pode ser fecundado pelo espermatozoide, e começa seu caminho até o útero.

De modo normal, o óvulo sobrevive somente por 24 horas e é durante esse período que ele pode ser fecundado.

Os espermatozoides, por sua vez, sobrevivem até 5 dias dentro do corpo da mulher, por isso, se a mulher tiver relações até 5 dias antes da ovulação, existe a possibilidade de engravidar.

Fase lútea

Essa fase ocorre nos últimos 12 dias do ciclo menstrual.

Durante esse período, o folículo deixado pelo óvulo no interior do ovário começa a produzir grandes quantidades de progesterona, como forma de preparar o útero para uma possível gravidez.

Quando a fecundação não ocorre, o folículo encolhe no interior do ovário, diminuindo os níveis de progesterona e estrogênio, o que diminui o revestimento do útero, até sua eliminação, dando início à menstruação e ao novo ciclo menstrual.

Caso o óvulo seja fecundado, ele segue em direção ao útero, adere, depois de cerca de 5 dias, à parede do útero e começa a produzir hCG, um hormônio que mantém o folículo produzindo estrogênio e progesterona em grandes quantidades para manter o revestimento uterino até que a placenta seja formada.

Como calcular o período de ovulação

Para calcular o período de ovulação, é preciso marcar o início da menstruação e a partir desse dia contar 14 dias.

Essa é uma das maneiras mais simples de calcular o período de ovulação e consequentemente o período fértil.

Caso a mulher esteja tentando engravidar, recomenda-se manter relações entre o 12º e o 16º dia após o início do ciclo menstrual.

Além disso, alguns sinais físicos, como muco cervical transparente e menos denso, semelhante a uma clara do ovo, aumento de sensibilidade das mamas e leves cólicas na região uterina são indicativos de ovulação.

Anovulação e infertilidade

Em condições normais, mulheres ovulam todo ciclo menstrual e isso ocorre devido ao funcionamento correto do eixo adenoipófise e sistema reprodutor feminino, principalmente ovários.

No entanto, em algumas situações esse mecanismo falha e a ovulação não ocorre.

A esse processo se dá o nome de anovulação, que pode ocorrer em meses específicos devido a desequilíbrios hormonais ou a alguma doença preexistente, como síndrome dos ovários policísticos.

No processo de anovulação, o óvulo maduro não é liberado, portanto não há como a mulher engravidar.

Como investigar um ciclo anovulatório?

A investigação de um ciclo anovulatório se dá por meio de consultas médicas e realização de exames laboratoriais com a finalidade de descobrir a causa do problema, fundamental para a prescrição do tratamento adequado.

Ciclos anovulatórios provocam infertilidade feminina e devem ser tratados caso a mulher queira engravidar.

Se você ainda possui alguma dúvida sobre ovulação ou anovulação, basta deixar um comentário, que será respondido o mais breve possível.

 


Deixe um comentário

  Se inscrever  
Notificação de
Próxima leitura
Teste de receptividade endometrial (ERA): o que é e como é feito o teste?

O teste ERA tem sido de grande auxílio na realização da Fertilização in Vitro. Você sabe como funciona esse teste?

Ler mais...