Ebook SOP Baixe agora o e-book sobre Síndrome dos Ovários Policísticos e entenda tudo sobre essa doença! Clique Aqui!
Ficou com alguma dúvida? Agende sua consulta agora! Clique Aqui!

O que é FSH e qual sua relação com a fertilidade?



"A reprodução é controlada por diversos hormônios, e seu equilíbrio é primordial para que uma gravidez possa ocorrer. O hormônio folículo-estimulante(FSH) é um dos hormônios essenciais para o desenvolvimento puberal e a função dos ovários e dos testículos dos homens. Produzido na hipófise, pode influenciar […]"

por Dr. Augusto Bussab

O que é FSH e qual sua relação com a fertilidade?

A reprodução é controlada por diversos hormônios, e seu equilíbrio é primordial para

que uma gravidez possa ocorrer. O hormônio folículo-estimulante(FSH) é um dos hormônios essenciais para o desenvolvimento puberal e a função dos ovários e dos testículos dos homens. Produzido na hipófise, pode influenciar a fertilidade do homem quanto da mulher.

Neste artigo abordaremos a função do FSH dentro do ciclo menstrual, exames, e sua relação com a infertilidade feminina. Continue lendo.

Qual sua função dentro do ciclo menstrual?

Nas mulheres, quando os níveis hormonais caem no final do ciclo menstrual, isso é sentido pelas células nervosas no hipotálamo. Essas células produzem mais hormônio liberador de gonadotrofina, que por sua vez estimula a glândula pituitária a produzir mais hormônio folículo estimulante e hormônio luteinizante e liberá-los na corrente sanguínea.

Quando atingem um nível no organismo, o FSH e LH  induz a produção do estrógeno e da progesterona, que por sua vez estimula o crescimento do folículo no ovário, que rompe e libera o óvulo, resultando na ovulação

Este é o período fértil da mulher. Agora, o óvulo aguarda de 12 a 24 horas, o espermatozóide para fertiliza-lo. Caso não ocorra a fertilização, o óvulo e o revestimento do útero descama resultando na menstruação.

Mas isto tudo acontece e sincronia com outros hormônios. O sistema reprodutivo feminino é um sistema incrível e complexo que envolve comunicação contínua entre os centros cerebrais e o ovário. Por meio de hormônios secretados pelo hipotálamo, hipófise e ovário, que são os mensageiros que regulam o ciclo menstrual.

A produção de FSH e LH é sincronizada. Isso significa que na ausência do LH, a produção de FSH cessa também, e quanto mais LH é produzido, mais FSH é secretado. Essa flutuação nos níveis de FSH e LH refletem a produção de hormônios como testosterona, que também são produzidos dessa forma.

Um nível de FSH “normal” para uma mulher que espera engravidar é tipicamente abaixo de 10mIU / ml. Como já vimos, o nível de FSH que seu corpo produz está ligado diretamente com sua reserva ovariana (a qualidade e quantidade de seus ovos restantes).

Exames

O exame de FSH tem como objetivo indicar os níveis do hormônio folículo-estimulante presentes em uma amostra de sangue ou urina.

Porém sozinho ele não é suficiente diagnosticar uma condição, provavelmente outros exames de sangue com hormônios serão feitos ao mesmo tempo, se seu médico achar que você precisa deles.

Os valores ajudam a investigar diversas causas, como:

  • infertilidade;
  • baixa contagem de esperma;
  • menstruação irregular;
  • condições associadas a disfunções nos ovários ou testículos;
  • confirmar o diagnóstico de doenças pituitárias ou do hipotálamo, que podem afetar a produção de FSH;
  • confirmar menopausa;

FSH alta, o que acontece ?

Na maioria das vezes, os níveis elevados de hormônio folículo estimulante são um sinal de mau funcionamento no ovário ou testículos.

Nas mulheres, os níveis de hormônio folículo estimulante também começam a aumentar naturalmente nas mulheres em torno do período da menopausa, refletindo uma redução na função dos ovários e declínio da produção de estrogênio e progesterona.

Existem condições pituitárias muito raras que podem elevar os níveis de hormônio folículo estimulante na corrente sanguínea.

Os sintomas incluem o aumento dos ovários e um acúmulo potencialmente perigoso de líquido no abdômen (desencadeado pelo aumento da produção de esteróides ovarianos), que leva à dor na região pélvica.

Quais são as chances de engravidar com FSH alta?

Altos níveis de FSH reduzem suas chances de engravidar e são bons indicadores de anomalias cromossômicas. É difícil engravidar para quem tem níveis consistentemente altos de FSH e o tratamento com doação de óvulos se torna uma opção viável para um bebê saudável e uma gravidez.

FSH baixa, o que acontece ?

Nas mulheres, a falta de FSH leva a dificuldade de engravidar, períodos de menstruações irregulares ou ausentes, um desenvolvimento incompleto na puberdade, insuficiência ovariana e infertilidade.

Ação folículo-estimulante suficiente também é necessária para a produção adequada de espermatozóides. No caso de ausência completa do hormônio folículo estimulante nos homens, a falta de puberdade e infertilidade devido à falta de espermatozóides (azoospermia) pode ocorrer.

Porque alterações do FSH podem levar à infertilidade?

O hormônio folículo estimulante influencia diretamente suas chances de conceber e/ ou sustentar a gravidez.

Se o seu corpo não está produzindo FSH suficiente, não pode sustentar uma reserva ovariana saudável ou até mesmo não ovular. Se o espermatozóide não encontrar o óvulo, ele morrerá.  E o endométrio irá descamar, resultando na menstruação.

Tratatamento

É importante lembrar que a definição médica de infertilidade  é a incapacidade de conceber uma criança  após 12 meses de relações sexuais regulares (pelo menos três vezes por semana) sem proteção.

A infertilidade causada pela anovulação pode ser tratada com medicamentos direcionados para estimular o desenvolvimento folicular em mulheres com insuficiência grave de LH e FSH.

Acreditamos que a informação é melhor ferramenta para lidar com a infertilidade e facilita o processo. O artigo tirou sua dúvidas em relação o que é FSH e a sua relação com a infertilidade? Deixe comentário abaixo.


Deixe um comentário

  Se inscrever  
Notificação de
Próxima leitura
Teste de receptividade endometrial (ERA): o que é e como é feito o teste?

O teste ERA tem sido de grande auxílio na realização da Fertilização in Vitro. Você sabe como funciona esse teste?

Ler mais...