Ebook SOP Baixe agora o e-book sobre Síndrome dos Ovários Policísticos e entenda tudo sobre essa doença! Clique Aqui!
Ficou com alguma dúvida? Agende sua consulta agora! Clique Aqui!

Cisto no epidídimo e infertilidade: entenda a relação



"A infertilidade conjugal pode ser causada por fatores femininos, masculinos ou ambos. Identificar as suas causas é […]"

por Dr. Augusto Bussab

Cisto no epidídimo e infertilidade: entenda a relação

A infertilidade conjugal pode ser causada por fatores femininosmasculinos ou ambos. Identificar as suas causas é muito importante para definir o tipo de tratamento adequado e possibilitar a gravidez para os casais que a desejam. O médico especialista em reprodução humana é o responsável por analisar o casal e solicitar os exames específicos para investigação.

Tanto nas mulheres como nos homens a infertilidade pode ser causada por doenças específicas que acometem o aparelho reprodutor. Nesse contexto, no texto de hoje, falaremos sobre uma dessas doenças: cisto no epidídimo e infertilidade masculina. Confira!

O que é cisto no epidídimo?

O epidídimo é um duto longo e fino que fica localizado posteriormente ao testículo. A sua função é a de coletar e armazenar os espermatozoides produzidos pelos testículos, até a sua liberação. Cada epidídimo está ligado a um dos ductos deferentes (existe um para cada testículo), que segue até a uretra.

O cisto que se forma no epidídimo decorre de um acúmulo de líquido causado por uma inflamação local, condição considerada comum que pode estar presente desde o nascimento ou surgir em crianças, adolescentes ou adultos.

Quando os cistos surgem, é possível notar a presença de um pequeno caroço na região dos testículos, que varia de tamanho. Normalmente são indolores, porém alguns homens podem apresentar dor, sensação de peso no testículo e edema testicular. Esses sintomas costumam ser percebidos principalmente em atividades como usar a toalha para secar a região, ao se vestir ou durante as relações sexuais. A dor pode irradiar-se para região do abdômen ou pelve.

Quais as causas?

Existem algumas causas para o surgimento do cisto no epidídimo. Ele pode estar presente no nascimento e estar associado a outras condições congênitas. Outras possíveis causas incluem: trauma na região do testículo, muito tempo sentado de forma a fazer pressão sobre os testículos.

Dessa forma, há diferentes situações que causam algum tipo de agressão à área dos testículos e epidídimos.

Qual a relação entre cisto no epidídimo e infertilidade?

Normalmente, o cisto no epidídimo é considerado uma condição benigna que não requer nenhum tratamento específico. Quando o cisto cresce, atinge mais de 2 cm e contém esperma em seu interior, ele é chamado de espermatocele. Alguns desses cistos maiores podem apresentar um padrão de crescimento contínuo, e nesses casos recomenda-se sua retirada.

Portanto, normalmente não há relação entre o cisto no epidídimo e a infertilidade. A consulta com um especialista é de extrema importância, para que o diagnóstico seja feito corretamente e sejam excluídas outras condições mais graves e que se relacionam com a infertilidade.

Como é feito o diagnóstico? E o tratamento?

O médico fecha o diagnóstico por meio da história clínica do paciente e da realização de exames específicos. O exame realizado para identificação do cisto no epidídimo é a ultrassonografia testicular, que permite a visualização de todas as estruturas contidas pelo escroto.

Por se tratar de uma condição predominantemente benigna, o cisto no epidídimo geralmente não requer tratamento. O tratamento cirúrgico para retirada do cisto é indicado quando o homem apresenta muita dor e incômodo ou quando o tamanho do cisto for muito grande.

Após o diagnóstico, o acompanhamento do paciente pelo médico deve ser feito para verificar se não há crescimento do cisto.

Como visto, os homens devem estar atentos à saúde dos seus órgãos reprodutores, para que complicações como o cisto no epidídimo e infertilidade possam ser identificadas e acompanhadas.

Se quer ter acesso a outros conteúdos, assine nossa newsletter!

Cisto no epidídimo e infertilidade: entenda a relação
Avalie essa postagem!


Deixe um comentário

  Se inscrever  
Notificação de
Próxima leitura
Reversão da laqueadura: para quem é indicada e como é feita

Um procedimento cirúrgico pelo qual as tubas uterinas são interrompidas ou retiradas, a laqueadura tubária, […]

Ler mais...